Cia Truks
Contato:

11 3865-8019
11 99952-8553

contato@truks.com.br
> menu

nossos espetáculos

VOVÔ

Em “VOVÔ” utilizamos uma linguagem lúdica, porém cheia de poesia, e acessível às crianças, para fazermos uma singela e emocionante homenagem aos imigrantes que chegaram ao nosso país em meados do século passado. Aqui não contamos uma história de reis, rainhas, príncipes e princesas. Aqui os heróis não enfrentam os dragões... No entanto, contamos como foi a dura jornada de vida dos imigrantes, e reforçamos para as crianças o seu heroísmo. A peça faz, de nosso vovô, um ícone de tantos heróis que enfrentaram as guerras, e as tantas e profundas transformações sociais do último século, com um objetivo maior: protegerem as suas famílias, de forma que nós, hoje, possamos estar aqui para relembrarmos e contarmos esta bela história.

Retratamos um dos períodos mais contundentes de nossa história recente, que marcou as vidas de nossos antepassados, e também do nosso país como um todo. A peça conta a história de nosso personagem “VOVÔ”, desde os relatos de sua infância em um país distante, com as características daquele tempo, passando por sua adolescência, o início da vida adulta, as guerras de que foi palco o continente europeu, a dura viagem e adaptação ao Brasil, até chegar à sua velhice, quando se transforma no contador de histórias capaz de emocionar com sua saga, e com os relatos de sua vida, tão fantásticos, porém tão reais.

 

PRÊMIOS E INDICAÇÕES

• PRÊMIO PANAMCO NO TEATRO - 2002 - MELHOR CENOGRAFIA
Espetáculo selecionado pelo Projeto SESI BONECOS DO BRASIL que, desde 2004, realiza apresentações por todo o país, para públicos que chegam a 5000 espectadores por sessão.

 

HISTÓRIAS DOS NOSSOS VOVÔS

Em nossos 26 anos de trabalhos, buscamos estabelecer com as crianças um contato direto e espontâneo. Para isso, mergulhamos em seu mundo particular, tentando respeitosamente entendê-lo, desvendá-lo e contribuir para o seu ainda maior florescimento. Foi então, pensando em que histórias contaríamos, desta vez, que surgiu o projeto “Vovô”. Em busca de inspiração, lembramo-nos das histórias de vida que os nossos avós nos contavam. Percebemos que, para as crianças, assistirem no teatro a estes relatos, de outros tempos e lugares, de outras formas que as crianças tinham de brincar, de outras maneiras de se vestir, de diferentes jeitos de falar e agir, era também retratar a elas um mundo de fantasia, porém, todo feito de realidade. Os heróis destas histórias seriam reais e não mais príncipes encantados. No entanto, não por isso menos fantásticos...

Percebemo-nos à frente de um projeto que nos possibilitaria contar histórias verídicas, não tão distantes no tempo, e ainda assim tão ou até mesmo mais fantásticas para as crianças, por trazerem, nos papéis principais, os vovôs e vovós com quem convivem. Foi assim que começamos a “vasculhar” os relatos de nossos avós. Encontramos histórias de países castigados pela neve, de fugas apressadas de pessoas que correram de soldados fortemente armados, de uma travessia por um mar que parecia não ter mais fim... Histórias emblemáticas da grande aventura de lutar pela vida, e tão ao nosso alcance, na medida em que, protagonizadas por nossos vovôs, poderiam ter sido vividas, quem sabe, por nós mesmos...

Resolvemos que estas seriam as histórias que contaríamos desta vez. As histórias dos vovôs imigrantes que deixaram as suas terras em busca de liberdade, de poderem seguir com suas vidas e protegerem as suas famílias. O espetáculo, para as crianças, resulta quase que em um conto de fadas, mas, desta vez, com heróis verdadeiros: em lugar dos sábios reis que atravessaram o tempo e muitas aventuras, estão os vovôs que, com sua atual aparência frágil, escondem a fortaleza da resistência e da sabedoria, e que as revelam através de seus relatos.

É esta a história de força, resistência e heroísmo que contamos agora para as nossas crianças, na esperança de dignificar ainda mais a memória de nossos antepassados, e, usando-os como verdadeiros exemplos de coragem, dignidade e muito amor, contribuir para o crescimento saudável das novas gerações.

Imprensa comenta

"...O espetáculo Vovô nos encantou com um enredo que resgata a oralidade, a memória, os laços de afetividade e a continuidade da vida em outras vidas, a história do próprio tempo. Tecnicamente, o grupo está de parabéns mas, felizmente, a técnica apenas se escondeu atrás da fantasia, do sonho e do encantamento. Esses paulistas são manipuladores diretos de nossa fantasia, e como é bom se deixar manipular por eles..."

JÓRIA LIMA - NO SITE "SENHORA K", DE BELO HORIZONTE - MG - 13/06/2003

"... Com simplicidade, delicadeza e a devida dose de poesia, capaz de envolver o público adulto ou infantil, a Cia. Truks mostra que, para se contar uma boa história, basta deixar correr solta a fantasia. Além de bonecos e atores, efeitos como desenhos fosforescentes que servem para resumir a história valorizam a capacidade de síntese de um espetáculo já sintético e muito bem amarrado..."

CLARA ARREGUY - O ESTADO DE MINAS - 03/06/2003

"... Desde 1990, a Cia. Truks tem encantado gente de todas as idades com sua arte bonequeira. A diversos e cativantes espetáculos, junta-se agora mais um, Vovô. A peça reverencia imigrantes europeus estabelecidos no Brasil... Os movimentos dos bonecos são tão precisos, realistas e humanos, que o público quase se esquece da existência de pessoas atrás deles..."

ANA PAULA BUCHALLA - REVISTA VEJA SP - 03/09/2002

"... Vovô acerta no humor, na precisão técnica dos recursos de animação e na inteligência do texto sobre uma família que vem da Europa e ajuda a fazer a história do Brasil... A peça privilegia temas fundamentais para a formação psicológica das crianças, como a força inevitável da passagem do tempo e a necessidade de se transmitir histórias de geração a geração... Há no final um resumo das cenas, que acontece em outra linguagem, complementar à que foi apresentada - isso significa mostrar ao público mirim as variações possíveis dentro das linguagens artísticas. Isso é de uma riqueza sem valor estimado para a formação de público... O final, bem, o final é muito bem arquitetado. É ver para crer. A Truks mais uma vez não quis ser fácil. Emociona profundamente, só que de forma diferente da esperada. A morte está ali, naquele final surpreendente, mas em forma de vida, porque afinal, não existe uma sem a outra, e as crianças precisam lidar com isso para tornarem-se seres humanos completos. Vá aprender sobre vida e morte com Vovô, da Cia. Truks..."

DIB CARNEIRO NETO - O ESTADO DE SÃO PAULO - 30/08/2002

"...No Festival de Teatro de Bonecos de Canela, os grupos internacionais surpreendem quando mostram técnicas e produções inovadoras. Mas os espetáculos brasileiros os superam, de longe, em emoção. Prova disso foi a peça Vovô, da Cia. Truks, de São Paulo. Os brasileiros fizeram bonito, ao nos fazer chorar de emoção.."

JORNAL ZERO HORA - RS - 09/06/2000

fotos

vídeos

Ficha Técnica do Espetáculo

TEXTO e DIREÇÃO: HENRIQUE SITCHIN

CONFECÇÃO DE BONECOS, CENÁRIOS E OBJETOS DE CENA: HENRIQUE SITCHIN, VERÔNICA GERCHMAN, MARLI HATUM, CLAUDEMIR SANTANA, CASSIA DOMINGUES E SANDRA LESSA

FIGURINOS DOS BONECOS: VALÉRIA PERUSSO E VERÔNICA GERCHMAN

ILUMINAÇÃO: HENRIQUE SITCHIN

TRILHA SONORA: HENRIQUE SITCHIN

ELENCO: PRISCILA CASTRO, HELDER PARRA, AGUINALDO RODRIGUES, DRIELY PALÁCIO E ANGÉLICA PRIOSTE

OPERAÇÃO DE SOM E ILUMINAÇÃO: JOÃO SANTIAGO