Cia Truks
Contato:

11 3865-8019
11 99952-8553

contato@truks.com.br
> menu

nossos espetáculos

HISTÓRIA DE BAR

ESPETÁCULO DESTINADO AO PÚBLICO ADULTO

 

Atrás do balcão um simples, e simplório BARMAN. Sobre ele, terríveis acusações! Teria sido o responsável pelos crimes hediondos que assolam a cidade? Seria ele o temido assassino, a decapitar, sem piedade, suas indefesas vítimas? Pois bem, hoje ele vai contar a sua história! Hoje, prezado cliente, ele não irá ouvir os seus problemas. Hoje é você quem irá ouvi-lo!

O espetáculo começa. O Barman, então, utilizando-se apenas e tão somente dos objetos existentes em um bar, nos contará uma história "macarrônica", ao melhor estilo dos antigos filmes noir. Estranhos assassinatos estão ocorrendo na cidade, e... ou ele é o assassino, ou estaria nos lugares errados nas horas erradas.

Uma sucessão de agilíssimas passagens cênicas nos fazem mergulhar no mundo da noite paulistana, entre as ruas, os becos e as boates da cidade fria e calculista. Os bandidos, afiados facões, maços de cigarro ou garrafas de cachaça, se degladiarão com os policiais, um espremedor de frutas, o acendedor automático de fogões (hoje com munição de sobra), o frasco de pimenta, entre tantos outros objetos que, nas mãos do hábil ator, se transformam nas mais divertidas criaturas.

HISTÓRIA DE BAR é um inusitado teatro de objetos, encantador, e que, em 55 minutos, arranca deliciosas gargalhadas da plateia.

 

TEATRO DE OBJETOS PARA O PÚBLICO ADULTO

História de Bar é um espetáculo destinado, exclusivamente, ao público adulto, e se utiliza de uma técnica bastante singular. Trata-se do “teatro de objetos”, uma forma de procedimento de vanguarda nas artes cênicas, que vem sendo experimentada por importantes companhias de todo o mundo.

A técnica é tão simples quanto encantadora. Em lugar do ator de carne e osso, são protagonistas da cena personagens feitos de toda a sorte de objetos de nosso cotidiano. Há em cena, este sim humano, um ator / narrador / animador, a substituir os atores da trama por... simples coisas! Assim, o maço de cigarros se transforma em Tino... Nico Tino! Famoso matador de aluguel, a consumir suas vítimas por dentro, corroendo-as sem que percebam... Está na cena a doce e muito cheirosa enfermeira AR... Arlete, representada por um bastão de Bom Ar. O garçom é substituído por um pegador de gelo, o temível carcereiro por um espremedor de frutas, enquanto o bandido que nada sabe é literalmente uma... laranja! Há em cena uma divertidíssima cena de sexo entre, uma faca e... um amolador de facas, ora essa!

O jogo que será, assim, criado, entre o ator e o público, é absolutamente encantador. A cada passagem do espetáculo uma surpresa estará à espreita. Não somente, revela-se na cena todo o exercício criativo implícito na montagem que, ao retratar o mundo de uma nova maneira, produz uma experiência no mínimo original, e muito inusitada e divertida, para as artes cênicas.

Imprensa comenta

fotos

vídeos

Ficha Técnica do Espetáculo

IDÉIA ORIGINAL: JOSÉ VALDIR ALBUQUERQUE

TEXTO E DRAMATURGIA: HENRIQUE SITCHIN E JOSÉ VALDIR ALBUQUERQUE

ATOR SOLO: JOSÉ VALDIR ALBUQUERQUE

DIREÇÃO: HENRIQUE SITCHIN

OPERAÇÃO DE SOM E ILUMINAÇÃO: ADRYELA RODRIGUES